Com a proposta de apresentar a diversidade cultural capixaba durante 30 horas, o Viradão Vitória chega à 3ª edição, nos dias 7 e 8 de setembro, das 16 horas de sexta-feira às 22 horas de sábado, no Centro Histórico, dentro das comemorações de 467 anos de Vitória.

Na programação, 88 atrações que passeiam por diversos estilos musicais: do rap ao samba, do rock à MPB, do congo à música instrumental, além do teatro, da dança, da literatura e da participação dos coletivos e produtores culturais do Centro, criando um olhar plural sobre a produção cultural local.

Confira aqui a programação

Atrações

Seguindo a tendência de ser um evento plural, o Viradão Vitória abre espaço para atrações convidadas que ampliam o intercâmbio entre a capital e o que acontece culturalmente em outras partes do Brasil. Neste ano, as atrações convidadas do Viradão Vitória são o cantor capixaba Silva, a cantora nortista Dona Onete e a carioca Nina Becker.

Edital e artistas selecionados

A programação do Viradão Vitória foi organizada a partir de edital público, elaborado com o objetivo de tornar mais transparente e democrática a escolha e participação dos agentes da cultura, que selecionou artistas e produtores culturais de diferentes linguagens: música, teatro, performance, dança, literatura, vídeo mapping e outras.

Bandas novas

Um dos diferenciais deste ano é o palco destinado à apresentação de bandas novas. Os artistas foram selecionados por meio de edital público. Poderiam se inscrever banda, conjunto ou grupo com até dois anos de carreira, com repertório autoral ou não, de qualquer estilo musical.

Espaços públicos abertos

Boa parte das apresentações acontecerá em espaços públicos abertos, como o Parque Moscoso, as ruas Sete, Gama Rosa e Professor Baltazar, as praças Oito e Ubaldo Ramalhete, além da escadaria do Rosário e da avenida Jerônimo Monteiro.

Espaços culturais edificados

Além da rua, espaços públicos culturais do Centro receberão parte da programação do Viradão Vitória. São eles: Casa Porto das Artes Plásticas, Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música Fafi (Fafi), Museu Capixaba do Negro “Verônica da Pas” (Mucane), Biblioteca Pública Municipal Adelpho Poli Monjardim, Galeria Homero Massena, Museu de Arte do Espírito Santo (Maes) e Palácio Anchieta.

Festival de Cinema de Vitória

Um dos festivais de cinema mais importantes do País, que comemora 25 anos em 2018, o Festival de Cinema de Vitória, também faz parte do Viradão Vitória. Além da programação cinematográfica, o lounge do evento receberá uma série de atividades, com destaque para o pocket show da cantora e atriz Zezé Motta.

Coletivos e produtores do Centro

Comprovando o potencial do Centro Histórico para a produção cultural, o Viradão Vitória conta com a parceria de seis agentes culturais (produtores, coletivos, grupos e outros) que estão instalados na região. São eles: Casa da Stael, Galeria Virginia Tamanini, Má Companhia, Mercado do Vinil, O Parque e Espaço Vintage.